Conheça a dieta mediterrânea e saiba como aderir.

alimentos da dieta mediterraneaDentre todas as dietas de moda, talvez a mais bem comentada seja a dieta mediterrânea. Isso acontece por ela prover os melhores resultados a longo prazo, e com comprovação científica. Ela é baseada na alimentação das pessoas que vivem na região do Mar Mediterrâneo, onde se observou a longevidade da população e o baixo índice de doenças cardiovasculares e câncer, apesar da dieta ter o teor de gordura relativamente alto.

Essa dieta se caracteriza pela abundância de alimentos como:

  • pães;
  • massas;
  • verduras, saladas e legumes;
  • frutas e frutas secas;
  • azeite de oliva como principal fonte de gordura;
  • moderado consumo de pescado, aves, produtos lácteos e ovos;
  • pequenas quantidades de carnes vermelhas;
  • pequenas ou moderadas quantidade de vinho, consumidas normalmente durante as refeições;

Esta dieta é pobre em ácidos graxos saturados e rica em carboidratos e fibras, além de ter um alto conteúdo de ácidos graxos monoinsaturados derivados do azeite de oliva. Para entrar nesta dieta é simples. Seguem algumas dicas:

    1. Aumente o consumo de azeite.

Use azeite em vez de manteiga, margarina ou molhos para saladas. Isso mesmo… azeite no pão. Fica uma delícia.

    1. Coma vegetais. Muitos vegetais.

Nos estudos que comprovam os benefícios dessa dieta, as pessoas consumiam uma media de 450g de vegetais por dia. Os vegetais verdes são particularmente ricos em antioxidantes e de baixas calorias. Prepare pratos vegetarianos e saladas várias vezes por semana.

    1. Consuma grãos integrais.

No lugar de pão branco e massas de trigo refinado, com grãos e cereais integrais, que são ricos em fibras e contém mais vitaminas.

    1. Prefira aves e peixes.

O peixe é rico em Ômega 3, importante para a saúde do coração e do cérebro. Além disso, os peixes são uma ótima fonte de proteínas, pobre em gordura e calorias. Aves e ovos também são boas fontes de proteína. As carnes devem ser cozidas ou assadas e nunca fritas.

    1. Reduza o consumo de carne vermelha.

A carne vermelha possui gorduras saturadas pouco saudáveis para o coração, não existindo muito espaço para bifes e hambúrgueres nesta dieta, apenas uma refeição por mês. Substitua os hambúrgueres gordurosos das restaurantes fast food por hambúrgueres caseiros de frango. Junte alface, cebola e tomate para uma refeição mais completa.

    1. Descubra os legumes e frutos secos

Os legumes são ricos em fibras, proteínas e outros nutrientes que podem substituir uma refeição completa. Escolha feijão, favas, grãos e outros legumes secos. Os frutos secos complementam na perfeição uma refeição de legumes.

    1. Fruta fresca como sobremesa

Evite bolos de pastelaria, bolachas e biscoitos. As frutas possuem poucas calorias e são ricas em vitaminas e outros nutrientes essenciais.

    1. Iogurte e queijo são fontes de cálcio

Ingira algum tipo de iogurte light e de queijo todos os dias. Pode mesmo fazer um complemento para iogurte ou saladas com tomate e queijo feta.

    1. Água e Vinho

A pirâmide mediterrânica inclui, para uma alimentação saudável completa, seis copos de água por dia e um ou dois copos de vinho tinto. A água é boa para todos, mas não ingira vinho tinto se estiver grávida ou for menor de idade.

Agora é só adaptar a sua alimentação com estas dicas e começar a aproveitar dos benefícios desta dieta.

Publicidade

Um comentário sobre o tema:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *