Quatro alimentos para o coração.

Eu e você sabemos que com a alimentação que levamos hoje em dia, o risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares é alto, se comparado com antigamente. Se você tem o costume de consumir alimentos prontos, congelados e industrializados e/ou de  freqüentar restaurantes da cadeia de fast food, procure aumentar o consumo de alguns alimentos e deixe o seu coração mais saudável.

Alimentos para o coração.

1. Espinafre: naturalmente presente nas frutas e vegetais, o esteróis ou estenóis apresentam estrutura semelhante à do colesterol, inibindo parcialmente a absorção do colesterol dos alimentos, reduzindo assim o colesterol LDL sanguíneo. Você já sabe que o LDL é o mau colesterol, aquele associado às doenças cardiovasculares, não é mesmo? Então, que tal caprichar no consumo de frutas, legumes, frutos secos, sementes, leguminosas e óleos vegetais?

Os benefícios do espinafre não param por aqui. Ele também é rico em potássio, mineral importante para o organismo por auxiliar no controle da pressão sanguíneo e, além disso, é pouco calórico. De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), em 100 gramas de espinafre refogado temos apenas 67 calorias. Vale à pena investir.

2. Aveia: reconhecida como alimentos essencial para a saúde, o farelo de aveia contém uma boa quantidade de beta-glucanas, um tipo de fibra solúvel associada ao controle da pressão e colesterol sanguíneo.

O consumo recomendado para a redução dos riscos cardiovasculares pelo Food and Drug Administration (FDA), órgão regulamentador de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos, é de 3 gramas de fibras solúveis por dia.

Aposte no farelo e flocos de aveia em frutas, iogurtes, saladas e até mesmo, em vitaminas.

3. Salmão: peixes gordos como o salmão, fontes de ácidos graxos ômega 3 são excelentes para a saúde do coração. Se você não for muito fã de salmão, invista na sardinha e no atum.

4. Nozes e oleaginosas: ricas em gorduras poliinsaturadas, o consumo regular de nozes e sementes oleaginosas está associado à redução dos níveis de colesterol sanguíneo. Se você não tem o costume de consumir peixes e pescados, invista em nozes, elas também são importantes fontes de ômega 3. Só não se esqueça que esses alimentos contêm boas quantidades de calorias. Em três unidades de noz, por exemplo, em média, 62 calorias.

Não se esqueça: exercícios físicos aliados à uma boa alimentação são os melhores amigos do coração. Pratique-os!

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *